Gente? Tô fora! Eu quero é meu cãozinho!

11 jun

Talvez você já tenha ouvido a frase: Quanto mas conheço as pessoas, mas amo meu cachorro! ela varia um pouco como: quanto mais conheço meu marido, ou esposa…

Talvez também você já tenha ouvido ou lido o texto bíblico que diz: Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo.

O texto bíblico esta em Lucas 6:38 e com certeza você ja deve ter ouvido falar dele. E com mais certeza ainda digo que você deve ter ouvido falar  dele na hora da oferta na sua igreja. Tomara que eu esteja enganado e você já tenha se aprofundado neste texto.

Pois é, o texto sem contexto causa problemas. Muita gente dá uma oferta gorda, ao ouvir este texto sendo pregado, mas por dentro vivem a primera frase, aquela do quanto mais conheço as pessoas, mas amo meu cachorro!

No entanto não vou negar  que é mas fácil lidar com nosso cachorrinho do que com muita gente, alguns até se conformaram ou decidiram não ter filhos porque um cachorrinho dá menos trabalho que educar uma criança, um filho gera gastos, implica em atenção redobrada, e de repente  vai que o moleque cresce e fica igual o filho do vizinho, mal criado, respondão, teimoso, e rebelde.

Ah não, vamos criar cachorrinhos!!!

O ser humano é difícil, é egoísta, é imcompreenssivo, cruel, passa por cima de tudo e de todos para conseguir o que quer.

O ser humano muitas vezes é seu companheiro quando lhe convém. Realmente não é fácil lidar com gente.

E porque falo isso?

Porque sou gente também, e sei quanto é difícil lidar comigo, sei que o que quero as vezes é contrário ao que você pode querer, que quando quero que a chuva pare, não penso que você da lavoura precise dela pra molhar sua plantação e sustentar seus filhos, que meu vizinho ou seu filho pequeno com problemas respiratórios precisa desta chuva para ter um alento no meio de toda esta poluição.

Mas o que tem a ver as duas frases do início? Vamos lá!

Amar seu cão é fácil mesmo,  e quando se compara a algumas pessoas, isso se torna ainda mas fácil. Afinal, seu cão come quando você dá comida, ele fica bonito quando você o deixa bonito, você brinca com ele quando quer. Mas se você o deixar sujo, com fome, e abandonado ele simplesmente não fará nada.

Mas com o ser humano é diferente, ele responde, ele tem expectativas, e as vezes cobra você.

Ele faz quando fazem a ele.

Ele respeita, ajuda, supre, e ama quando você ama ele, senão nada feito.

Daí tenho a impressão que muita gente que prefere mais seu cachorrinho que pessoas, agem com extrema covardia. Lidar com cachorro não tem desafio algum! Tanto faz um bife, um osso, ou morrer sem comer nada!

Mas quando Jesus falou em Lucas 6:38, ele falava de gente lidando com gente! Jesus falou do desafio que  isso nos apresenta, mas também da beleza que seriam os frutos gerados para quem se esforça-se no aplicar  deste ensinamento.

É  verdade, você pode ficar indignadíssimo agora, mas Jesus não estava falando de dar ofertas, nem boa medida recalcada e sacudida de grana, pra recereber mais ainda. Não era isso! Nunca foi isso!

A oferta que Jesus pede é a de paciência, e de amor com o próximo, porque seu irmão como você tem sonhos, expectativas, metas.

Por que ele como você se defende dos outros, se faz uma ilha de egoismo pra se auto-preservar.

Por que ele como você quer compreenssão, mas as vezes não aprendeu a dar a mesma atenção, devido a correria deste mundo cão, quer passa longe de ser bonzinho e companheiro como o nosso cão.

Jesus fala de misericórdia, e do sentir a dor pelo próximo. Aquela mesma misericórdia que algumas madames não tem quando fazem uma festa milionária para seus cãezinhos,  e outras madames trazem seus cachorrinhos convidados e presentes caríssimos, enquanto crianças morrem nas ruas, ou vivem lá, e são formados pelo mundo destrutivo e privado de amor. Estas crianças vão crescendo ali e dando continuidade a cadeia do ser humano intolerante.

Tem cão que vive melhor que gente, Tem gente que vive uma vida de cão, diz o trecho da música Petshop Boys, da banda Contrapane, (por coincidência minha banda, hehehe!!!)

Muita gente defende os direitos dos animais, e eu também. Mas o mundo dá a medida que recebe, se não damos amor ao próximo, não geramos uma corrente suficiente de amor a ponto de cuidarmos dos animais, do meio ambiente e etc. Sendo assim, estas intenções serão sempre um esforço de minorias, com pouquíssima eficácia.

Enquanto isso nosso semelhante revira nosso lixo, e é afugentado,  tratado com descaso, com falta de misericórdia e de amor.

O arsenal de supérfluos dos PetShops não passam de mentiras e inversão de valores para agradar, e dar pompa aos seus donos, que desprezam ou são covardes demais pra lidarem com a realidade do mundo, que coloca seres humanos em seu caminho.

Não siga essa linha!

Dê, e te será dado, faça sempre mais pelo próximo, seja você aquele a mostrar que existe a possibilidade de sermos melhores.

Seja você o lado que cede.

Não é fácil mesmo, é mais fácil criar um cãozinho, um peixinho, uma tartaruga. Mas tudo isso só muda quando eu penso e vejo que eu também não sou fácil e mesmo assim Cristo me amou, me ama, e tem misericórdia de mim.

Dê o melhor, dê boa medida de amor!  Quando achar que não dá mais, dê uma sacudida e faça um pouco mais, porque você gosta e deseja que fizessem o mesmo com você.

Não siga a trilha dos covardes e egoístas, encare o mundo como Cristo encarou. o amor Dele esta em você e pode mudar o seu redor.

Leia Lucas 6 desde o início e medite, se reconcilie, perdoe, e prossiga aprendendo do Pai

Carlos Alberto Correia

09/05/2012

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: