A dádiva de não saber viver só!

25 jul

Estou há 10 dias só, a Alice e as crianças foram passar férias no Mato Grosso, e eu não pude ir desta vez.
Pra mim que sempre fui rodeado de gente, que tive 9 irmãos que se ajuntavam com mais uns 10 primos e vivia sempre com casa cheia, conheci a Alice que também tem família grande.

Gosto de bastante gente, gosto de sentar com meus irmãos na casa da minha mãe e darmos risadas das diversas histórias que recordamos, gosto dos amigos da banda, de estragar os ensaios com piadas e risadas de encontrar com eles e de quando se esta preocupado, triste, mas sair leve, feliz, por não estar só.

Uma coisa que me deixa preocupado, são pessoas que buscam a solidão o tempo todo, não acho normal.

Existe também as que acham que se bastam, que conseguem tudo por si só.

Nas ruas multidões de gente só. A mulher só, é assaltada e chora recolhendo o que lhe sobrou da bolsa arrancada pelo moleque que só passava fome, enquanto milhares de pessoas passam apressadas sem poder prestar á ela socorro ou consolo.

O moleque faminto, é invisível e esta só também. Porque a multidão é feita de gente só que quer ficar só, e não quer ser incomodada.

No ônibus gente só, de óculos escuros, fones de ouvido, ou funk estalando no ultimo volume, sem problema afinal estão só em sí mesmos e não precisam respeitar mais ninguém, aliás pra estes, não há mais ninguém.

Sós com os seus problemas porque se acham suficientes para encontrar a solução.

Sós sem desilusões amorosas, sem se darem conta de que cada um é cada um, e não robôs programados para agradarem e pensarem de igual forma.

E sós ficam com um ali e outro, dando corpo, mas não o coração, não a vida. Estão com medo de tudo não abrem a vida para um verdadeiro amor e ficam trancafiados, se achando os gostosões, pegadores, os da: “A Fila anda!”

Mas na verdade são só prisioneiros, e o tempo provará da forma mais amarga esta verdade, pois um dia a beleza se vai, leva a líbido e só queremos a companhia sincera e de um amor verdadeiro, a estes buscarão por alguém, mas só encontrarão portas fechadas, oportunidades passadas, casos antigos casados, felizes, por terem abandonado a solidão do eu a tempo, e assim restará ao sujeito seguir só a estrada que construiu, e só Deus pode converte-la em alegria. pois fico triste e sem resposta só em pensar na solidão que é.

Sós em sua religião, que o afastou dos amigos da infância, dos encontros de família, fazendo o se achar superior agora, ao invés de o menor, o que serve com alegria a água viva que recebeu pela misericórdia de Cristo, a água que mata toda a sede e afoga pra sempre a solidão.

Sós pra não se envolverem, se magoarem, se comprometerem, se darem. E assim segue a vida trancados em sí mesmos.

Deus não fez ninguém pra estar só, é óbvio que temos aquele momento que nos retiramos para um pouco de tempo com a gente mesmo, mas a vida é vazia pra quem busca como opção viver só. Pra quem se esconde e esconde o que é seu, pra quem se guarda exageradamente tentando criar um mundinho perfeito onde nele seja o imperador e nunca contrariado.

Deus fez o humano um para o outro, Davi teve a amizade de Jônatas, Paulo teve como companheiro Silas, Barnabé e outros. O mesmo Paulo na solidão da prisão ganhou um amigo de cela que o alegrou chamado Onésimo. Enquanto Onésimo alegrou a Paulo pela companhia, Paulo intercedeu por ele em sua causa, provando que completamos um ao outro nesta vida.

Um aleijado pode chegar até Jesus e ser curado, porque tinha 4 amigos que enfrentaram as dificuldades e a multidão eamarraram sua cama e o fizeram entrar pelo telhado da casa, para Cristo o pudesse ver, e curá-lo.

Em Eclesiastes 6 encontramos o texto que diz: Amigo fiel é proteção poderosa, e quem o encontrar, terá encontrado um tesouro.

Para Adão Deus deu a Eva, e ele foi contemplado desde o início com a benção de não ser só, Deus em sua infinita sabedoria  ensinou que mesmo em um mundo belo e rico, mesmo com suas visitas no fim da tarde para um papo com Adão, ele precisava ser preenchido com Eva, a beleza de Deus que matou a solidão.

Jesus teve 12 companheiros, e dentro deste grupo um João amigo de coração, de escutar as batidas no peito, todos o seguiram no caminho de 3 anos rumo á cruz. Mas fugiram, se esconderam na crucfcação, porém, o João ficou por ali, mesmo tímido, amedrontado mas lá. O amor lança fora o medo, e mesmo que ele(medo) teime em estar  lá,  a gente treme mas continua caminhando, e dobrando milhas pelo amigo.

Há alguns dias estou só, senti saudades de preparar o leite dos meus garotos, de tê-los por perto enquanto trabalho, de parar pra ver o que esta acontecendo, quando ficam quietinhos aprontando alguma traquinagem, de fazê-los dormir. Ai a gente entende Davi no Salmo 127, estes moleques enchem a aljava da minha vida de alegria e sou torto, sem jeito, sem armas de riso, e de satisfação, sem minhas flechas Jonathan e Pablo.

Há alguns dias estou só, e me sinto pelo meio, sem a Alice, a cama fica grande de tamanho, mas curta de calor, Falta das conversas, do abraço, da presença, e do amor de quem se ama, e que agora é carne da nossa carne, pra sempre, e por isso quando a distancia estica a carne só causa dor.

Mas isso acaba logo, semana que vem eles estão aqui de novo, mas não poderia deixar de falar da importância deles e de todos que fazem parte da minha vida, e dizer a través desta minha reflexão,  a importância das pessoas que nos cercam, e de nós na vida delas.

Perdoe hoje, se aproxime, saia do escuro da solidão abra sua janela da vida pro Sol entrar, pra ver a moça ou o moço passar, e quem sabe ele ou ela pode ser o da sua vida. Ou quem sabe ser a amizade mais forte que nada pode matar.

Abra a porta deixe entrar o perdão do amigo de infância ou não, que esta distante. por um acontecido que se torna totalmente irrelevante se posto ao lado da amizade, e que em reverencia ao amor,  não importando mais nada, torna isso digno de urgente perdão e reconciliação.

Abra aporta da vida e saia por ela, tome um café com um amigo ou amiga, visite a mãe e o pai, ligue pro irmão, jogue conversa fora, e deixe a alma dizer e ouvir como foi bom falar com você,
Glorifique a Deus por ter o próximo, vivendo a vida, com a responsabilidade de ser e fazer feliz.

Pra gente sorrir e poder fazer sorrir.
Porque tudo o que temos nesse mundo é um ao outro, porque assim Deus nos fez, e quando disse que não é bom que o homem esteja só, falava só na relação conjugal, mas também em todos que viriam, e que se completariam. como Jesus nos completa e nos enche desta dádiva que é não saber mais viver só.

Carlos Alberto Correia
25/07/2012

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: