Enquanto isso no ringue da ignorância.

8 nov

 

Ta ai uma batalha que só acontece na cabeça de quem não tem a menor consciência do que é o evangelho e nem de quem é Cristo de fato. Muitas vezes não é  por maldade que se tenha esta  definição da pessoa de Jesus, afinal assim foi, e é ensinado todo dia.

Mas tal  luta não existe, e infelizmente este pensamento é alimentado por pura conveniências de muitos.

Não é por dó e nem como advogado de defesa de Jesus que estou aqui, minha preocupação é com que vê as coisas desta forma.

Ao ver essa imagem, só posso ver no Jesus dessa gente, alguém preocupado pensando que pode de repente perder essa queda de braço e assim sua credibilidade ou obra ir por água abaixo. Dá tanto dó que, da vontade de gritar: Vai Jesus, força, em nome de Jesus, você consegue!

Tudo isso pra ver se ele não esmorece, e ganha essa, e assim eu e todo mundo continuaremos acreditando nele.

 

O diabo seria páreo pra Jesus?

Sim, pra esse Jesus ai da foto e da compreensão de alguns, sim.

Aliás, só vejo neste Jesus um reflexo do que se crê hoje em dia, e posso afirmar uma coisa, uma hora esse Jesus vai perder.

Vai perder quando alguma coisa der errado, vai perder quando nos decepcionarmos, quando perdermos algo ou alguém, e quando passarmos pelas tantas dificuldades que a vida nos apresenta todo dia, pelas quais passam todos que estão embaixo do sol.

Aí, pra quem tem uma compreensão errada, só se terá a confirmação do Jesus esforçadinho, mas fraco, que nós criamos. Aquele que prometeu,  que  disse, mas foi derrotado em sua missão de ser nosso  guarda costas, milagreiro e herói ao estilo Stallone – Falcão.

Mas para nossa alegria, Jesus Cristo, O filho do Deus vivo, se rebaixou por amor, se tornou homem, sofreu dores, mas não pelo diabo, e tão pouco  para medir força com ele. Foi por nós que Ele se fez carne e foi desprezado, somente por nós.

Por nós, ele não viu razão pra lutar e estraçalhar o pobre diabo, insolente no monte, quando foi tentado.

O diabo completamente ignorado e vencido desde o início, foi atropelado pelo amor de Deus em Cristo Jesus.

Sem ser considerado na cruz, o diabo ficou indefeso, miserável e derrotado pelo único desejo do Pai que era o homem.

Entendeu agora? A única batalha talvez exista somente dentro de nós ainda. Por isso somos ensinados a resistir o inimigo.

E como resistir?

Fazendo orações contra, que mais parecem “para” o diabo?

Cantando os louvores de batalha cuidadosamente arquitetados com palavras de ordem ao diabo?

Tem gente que gosta de xingar o diabo até de uns bons palavrões.

 

Nada disso, o resistir ao diabo em Tiago 4, traz consigo antes de tudo, o sujeitai-vos pois a Deus.

Ou seja, ser de Deus basta, e o plano de Deus para prosseguir sem cair em enganos, e nem se desviar do caminho do Senhor, não é investir seu tempo em frequentar os cursos de batalha espiritual, se enchendo de conhecimento,  livros, dvds. Não é estudar diabo a ponto de se tornar um perito em detectar atuações, regiões, obras e  características de demônios,  potestades ou principados, nada disso.  Mesmo porque, essa parafernália de coisas não existia antes, e homens e mulheres, sérios e firmes na fé em Cristo, viveram felizes sem isso e sem esta paranoia, estes viveram somente para a honra e a glória de Deus, tomaram cada um sua cruz e seguiram á Cristo.

Então amigos, é somente seguir a Cristo, se encher de Cristo, ser Dele e Tê-lo como seu, de forma inegociável em qualquer situação e mais nada.

 

Carlos Alberto Correia

08/11/2012

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: