Tudo mundo chipadinho aí?

5 jun

brain-chip_ahGeh_54

Regina Dugan, a atual líder da divisão dos projetos especiais da Google e Motorola, anunciou dias atrás, um projeto piloto com dois dispositivos que visam proteger as senhas e aumentar a segurança dos seus usuários.

A primeira opção é uma tatuagem feita no usuário que criptografa a senha. A segunda opção, e talvez mais ousada, é uma pílula que conta com um minúsculo equipamento alimentado pelo acido estomacal, que funciona transmitindo senhas por um intenso sinal de 18 bits, transformando o corpo do usuário em um token, ou um exalador automático de senha.

Pois bem, os moderninhos diriam que isso é muito legal, enquanto religiosos diriam que é se trata do início da  implantação da marca da besta, como já vi em posts em redes sociais, e em algumas conversas.

Embora seja cristão, decepcionarei quem gostaria que eu falasse sobre a marca da besta. Por outro lado, sendo também web-designer e programador e envolvidos em projetos tecnológicos, também não vou dar pulos, aplaudir e nem ficar boquiaberto com a Google por isso.

Confesso, fico muito revoltado quando ouço sobre estas idéias dos Estados Unidos de chipar estrangeiros, e destas invenções que visam invadir ou marcar o corpo humano, e embora pra muita gente seja normal e sinais de que vivemos numa sociedade moderna e desenvolvida, para mim isso é nojento, e obscuro.

Imagine só se a moda pega!

Ai o governo te põe um chip pra controlar seus impostos, o Google te dá uma pílula pra acessar os serviços online, a academia da esquina te bota um supositório super fitness no traseiro pra controlar seu desempenho, acesso e pagamento de mensalidades, e seu chefe não fica atrás, e já te coloca uma forma de controlar seus horários e dados sobre você e por ai vai! A escola das crianças colocam um em seu filho,  o mercado da esquina cria o chip fidelidade pra dar descontos aos clientes chipados, o estadio de futebol o cinema e tudo mais cria o seu chip. Vai ser tanto chip, e meios introduzidos no corpo que não sei e alguém normal conseguira se mexer.

Os moderninhos diriam: Ah, mas isso se resolve com um chip unificado!

Chip unificado, na sua então, mané!

Prometi que não vou entrar em méritos religiosos embora pudesse, e nem em papos conspiratórios embora existam muitas coisas as quais dou razão, e não são tão difíceis assim. Mas mesmo sem entrar nestas questões, todo mundo sabe que grande a briga aqui é por controle. As emissoras de TV, as empresas que empregam ou que vendem produtos e serviços, os governos e partidos políticos, e tantas outras pessoas e organizações querem controle sobre seu publico alvo.

Controle da dinheiro, controle da poder.

A emissora que controla a maioria da audiência controla  tudo,  dita regras de mercado publicitário,  possui dados de comportamento, perfil  de audiência para cada dia e horário, antes de todos, e assim sendo,  tem tudo o que as outras só terão depois que os benefícios deste controle for aplicado, primeiramente por eles detentores do controle. OU seja, enquanto os concorrentes estão começando a saber do assunto, quem tem o controle já usou os benefícios e já está em outra.

Também sabemos que o ser humano possui meios de identificação naturais que o fazem único, como a biometria que é a impressão digital e ainda, leitura da íris e retinas, ou padrões de voz, e faciais.  Todo mundo nasceu com isso, todo mundo pode ser identificado por um destes meios naturais. E vemos até em filmes futuristas com os avanços mais tecnológicos, mostram a utilização destas formas de identificação.

Mas isso de Identificação natural, não interessa pra galera dos chips, pois eles querem controlar, e não  saber quem você é. Pelo contrário, eles querem fazer que você se torne quem eles querem que você seja. Pois para quem quer o controle, nosso nome, idade, formação, são só dados de estudo para elaboração de estratégias de marketing, somos só número.

Por isso num mundo onde as coisas boas, são adulteradas em prol dos que tem controle e viram benefícios para corruptos criminosos, que garantia eu teria de que uma pílula que exala senhas e faz com que meu corpo se comunique com computadores, não faça o inverso, a ponto de computadores sugestionarem coisas?

Quem me garante que um chip, não seja simplesmente para me monitorar como um bicho que se quer manter num cercado?

Quem me garante que não haverá manipulação, invasão de privacidade?  (embora isso já aconteça o tempo todo!)

No mundo onde o mesmo Urânio pode ter fins medicinais ou virar bomba atômica, dependendo das mãos de quem o manipula, eu não confio em ninguém que queira introduzir um corpo estranho em mim.

Isso é o que penso! Não precisei nem entrar em méritos religiosos, para provar que isso por si só, já é sujo e perigoso demais num mundo de desrespeito, invasão, e corrupção. Um lugar onde com certeza não haverá chips em políticos  e grandes lideres para controlar seus desempenhos, suas idas e vindas e sua rotina publica, e especialmente no Brasil onde se adora abraçar tudo que os estrangeiros inventam, menos ainda , pois aqui é restrito até o acesso aos painéis com os votos de leis  e projetos no Senado e na Câmara, o que diria expor nossos excelentíssimos senhores da gastança. Mas não se assuste se eles de uma hora pra outra quiserem meter chips no povo, pois controlar, manipular e enganar é com eles.

Carlos Alberto Correia

02/06/2013

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: